- PUBLICIDADE -

Brasil surpreende e bate Venezuela na estreia no beisebol no Pan

A estreia da seleção brasileira de beisebol nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile, foi com uma surpresa altamente positiva. Nesta quinta (19), o Brasil derrotou a Venezuela por 3 a 1 e largou na frente na classificação do grupo B, que também tem Colômbia e Cuba. 

O Brasil – que não tem tradição na modalidade – voltou a disputar uma partida no Pan depois de 16 anos. A última vez foi em 2007, quando foi país-sede do Pan realizado no Rio de Janeiro. Em Guadalajara (2011), Toronto (2015) e Lima (2019), ficou de fora.

A Venezuela, embora não tenha levado o que tem de melhor, é uma potência mundial na modalidade. Alguns nomes do país atuam na MLB, a liga dos Estados Unidos, tida como a melhor do planeta. O país tem um ouro e dois bronzes no beisebol em Jogos Pan-Americanos. No entanto, chegou a Santiago com um time considerado da segunda prateleira que a Venezuela tem à disposição.

No duelo de estreia, o Brasil abriu 3 a 0 na segunda entrada, a Venezuela diminuiu a desvantagem na quinta entrada mas não conseguiu evitar a derrota.

Após o triunfo, o arremessador Felipe Natel, conhecido como Pelé, falou sobre as expectativas para o torneio.

“Viemos nos preparando para o Pan para conquistar medalha. E para isso sabíamos que teríamos que enfrentar potências como Venezuela, Cuba e Colômbia. Não foi nada surpreendente. O pessoal nem comemorou tanto, porque nosso objetivo é medalha. Queremos ganhar de todos e vamos conquistar essa medalha para o beisebol brasileiro”, disse o jogador, em depoimento ao Comitê Olímpico do Brasil (COB).

O próximo compromisso do Brasil é diante da Colômbia, no domingo (22).

Programação do Brasil nesta sexta (20)

Além da abertura oficial dos Jogos no Estádio Nacional de Santiago às 20h (horário de Brasília), o Pan terá a continuação das disputas do beisebol e do boxe e a estreia dos saltos ornamentais. A competição tem transmissão ao vivo no Canal Olímpico do Brasil.

No ringue, às 11h, o Brasil será representado por Viviane Pereira, que estreia na categoria peso médio (até 75 kg) diante da argentina Lorena Soledad Balbuena. 

No mesmo horário, tem a abertura do calendário nos saltos ornamentais com duas brasileiras em ação. Na fase preliminar da prova do plataforma de 10 metros, Giovanna Pedroso e Ingrid de Oliveira estão entre as 17 atletas participantes.



Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -
Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
A Agência Brasil é uma agência pública de notícias criada em 1990. Mantém o foco em temas de impacto no cenário nacional, em áreas como política, economia, cidadania, pesquisa, inovação e cultura.

Continue Lendo