- PUBLICIDADE -

Taekwondo: Netinho Pontes conquista prata no Grand Prix de Paris

O brasileiro Edvaldo Pontes, mais conhecido como Netinho, faturou a medalha de prata neste sábado (2), no Grand Prix de Taekwondo, em Paris (França), e conquistou pontos importantes na busca da vaga olímpica para os Jogos no ano que vem na Cidade Luz. Nascido em João Pessoa (PB), Netinho venceu hoje quatro lutas seguidas, até ser superado pelo uzbeque Ulugbek Rashitov, por 2 a 0, na final da categoria dos 68 quilos. O brasileiro ocupa atualmente a oitava posição no ranking mundial – os cinco primeiros colocados até dezembro asseguram presença em Paris 2024.

Antes da luta final, valendo a medalha de ouro, Netinho derrotou Eyad Barakt (Egito), Levante Josza (Hungria), Dennis Baretta Itália) e Zaid Alhalawani (Jordânia) – em todas as lutas venceu por 2 a 0.

O atleta paraibano foi vice-campeão mundial no ano passado nos 74kg, mas a categoria não faz parte do programa olímpico dos Jogos de Paris.

Outro três brasileiros competem neste domingo (3) último dia do Grand Prix: Maicon de Andrade e Ícaro Miguel – ambos nos 80kg masculino – e Gabriele Siqueira lutando, no 67kg feminino.

Classificação para Paris 2024

O taekwondo reunirá aos 128 atletas na Olimpíada de Paris (vagas igualmente divididas entre homens e mulheres). Além do ranking mundial – os cinco melhores (feminino e masculino) em cada categoria garante vaga direta – também terão presença em Paris os melhores em cada peso no ranking do circuito mundial. A data limite é dezembro deste ano. 

As outras oportunidades de os atletas brasileiros carimbarem a vaga olímpica é conquistar, ou ser vice-campeão, do Torneio Pan-Americano de 2024. Estão em  jogo ainda quatro convites (dois por gênero) que serão distribuídos pela Federação Internacional de Taekwondo (World Taekwondo).



Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -
Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
A Agência Brasil é uma agência pública de notícias criada em 1990. Mantém o foco em temas de impacto no cenário nacional, em áreas como política, economia, cidadania, pesquisa, inovação e cultura.

Continue Lendo