- PUBLICIDADE -

Hulk marca de falta e Atlético-MG vence clássico com Cruzeiro

Com uma cobrança de falta do meio da rua, o atacante Hulk marcou o gol da vitória de 1 a 0 do Atlético-MG sobre o Cruzeiro, na noite deste sábado (3) no Parque do Sabiá, em Uberlândia, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Este resultado levou o Galo à vice-liderança da competição, com 17 pontos, enquanto a Raposa é a 10ª colocada com 13 pontos.

Apesar de o Cruzeiro iniciar o confronto com uma forte pressão, foi o Atlético-MG que foi mais eficiente para abrir o marcador antes do intervalo. Aos 26 minutos o juiz marcou falta na intermediária da Raposa. Hulk se posicionou para cobrar e o goleiro Rafael Cabral pediu para seus companheiros não montarem barreira. O camisa 7 do Galo cobrou com muita força, rasteiro, e marcou um bonito gol.

Já aos 46 Hyoran cobrou falta para a área, a bola quicou e acabou entrando após enganar o goleiro do Santos. Porém, o lance acabou sendo anulado pelo juiz com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), que indicou impedimento. Seis minutos depois foi a vez de o Cruzeiro ter um tento anulado com auxílio da tecnologia, de Luciano Castán de cabeça por causa de posição irregular.

Na etapa final o goleiro Everson mostrou muita segurança para garantir a vantagem do Atlético-MG até o apito final.

Derrota do líder

A liderança do Brasileiro permanece nas mãos do Botafogo, que, jogando na Arena da Baixada, em Curitiba, perdeu de 1 a 0 para o Athletico-PR. Mesmo com o revés o Glorioso manteve a ponta da classificação, com 21 pontos. Já o Furacão passou à 4ª colocação, com 15 pontos. A Rádio Nacional transmitiu a partida ao vivo.

O único gol do confronto saiu aos 41 minutos do primeiro tempo, com um chute de fora da área do volante Alex Santana.

Outros resultados:

Fortaleza 0 x 0 Bahia
América-MG 2 x 0 Corinthians
Santos 1 x 1 Internacional



Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -
Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
A Agência Brasil é uma agência pública de notícias criada em 1990. Mantém o foco em temas de impacto no cenário nacional, em áreas como política, economia, cidadania, pesquisa, inovação e cultura.

Continue Lendo